Páginas

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mesmice



No ostracismo de um olhar teu
Encontro-me fingindo não me importar
Com o coração cheio de falta de você
Caminho vagante nas entranhas da solidão.

Ignorado e distante de sorrisos teus
Deparo-me simulando não me preocupar
Com o pensamento abarrotado de você
Sigo errante na monotonia da vida.

J Mario Cavalcante