Páginas

sexta-feira, 26 de julho de 2013

O Instante Que Antecede o Beijo

Os olhos cerrados aguardavam inquietos
Enquanto você respirava descompassadamente
E minha tez ficava cada vez mais tremula,
Enquanto você cálida ofegava
Quase recostada no meu rosto.

O instante que antecede
O repousar dos teus lábios nos meus 
Confunde sensações e desperta desejos
Negligenciando a razão antes confusa.

E esse momento que só é permitido
Aos autênticos apaixonados
Envereda-se por séculos afinco
Em corações serenos, felizes 
Por existirem dentro daquele instante.

J Mario Cavalcante