Páginas

domingo, 13 de março de 2016

DESPRETENCIOSO



Uma fração de segundo
Um instante no espaço tempo
De uma vida embebida em marasmo
Despertou
Quando meus olhos
Numa breve distração
Mergulhou nos seus.
Onde permaneceram
Presos numa cumplicidade
Que só duas almas que se olham
Conseguem entender.

J. Mário Cavalcante