Páginas

sábado, 1 de outubro de 2016

SINTO QUE VOCÊ VAI CHEGAR



Posso sentir o instante
Que antecede o porvir,
Quando nos procurávamos
Atravessando cortinas
De pessoas confusas
Na busca por um olhar
Que fosse,
Um sorriso que brote
Uma afirmação tímida,
Mas! Mas? Mas....
Minha lanterna continua
Apontada para o sol.
Fique um pouco mais!
Finja que se importa,
Faça-me acreditar
Que o erro não foi meu
Que o sorriso sincero
Não é fraterno.
Diga-me que minha ilusões
Fazem sentido para você.
Fazem?

J. Mário Cavalcante