Páginas

quinta-feira, 14 de abril de 2016

RESILIÊNCIA



Em silencio peço pra fazer morada no teu sorriso
Enquanto o tempo se desmancha em nossas vidas
Caminho sozinho, sem saber se cruzarei seu caminho
Nesse futuro abstrato de corações esparsos.

Permitir o reencontro dos desencontrados
Na busca por alguma ordem que faça sentido
E que saia desses olhos o antídoto
Dessa minha melancolia sem perspectiva.

Depois de comungarmos os mesmos interesses
Só espero que o acaso místico do querer
Nos aproxime sem querer.

J. Mário Cavalcante



HJ FORAM DUAS MUSICAS QUE ME INSPIRARAM!!!