Páginas

segunda-feira, 29 de maio de 2017

APARELHOS RECEPTORES DE BAIXAS IMAGENS CEREBRAIS

Vazia completamente oca
Coletiva de um modo individual
De mente rasa e boca irracional
Vazia e completamente louca?

Teclam os messias da incoerência
Que pregam tudo que não fazem,
Fezes  isso sim eles fazem
E vêm o debate livre como concorrência.

Formadores de opinião reivindicam
Com toda razão pelos motivos errados
Também não passam de histriões manipulados
Mas todo circo pede um palhaço bonachão.

Intelectuais com hipotrofia cerebral
São a nova tendência do verão
Junto a políticos que gostam de sermão

E pelas famílias brasileiras nos deixam à nau.

J. Mário Cavalcante


domingo, 14 de maio de 2017

CARINHO DE MÃE


Da janela aberta vejo a fresta de luz
que escorre da sala
solidão palida ameniza-se
com a companhia onipresente
de carinho de mãe.

Da porta da rua ouço o frigir
de qualquer coisa na cozinha
amor em forma de sabor
dom onipresente
de carinho de mãe.

Em qualquer lugar do mundo
conversas interminaveis
no silencio das palavras
sabedoria onipresente
de carinho de mãe.

Do fundo do meu coração
dentro do cofre de trás do quadro
do ultimo escritório
das entranhas de minhas emoções
guardo o carinho da minha mãe.

J. Mário Cavalcante






terça-feira, 9 de maio de 2017

AMORES EM BANHO-MARIA

Amores que me levam
Em banho-maria
Obrigam-me,
Meter a mão na água.

Amores que levo
Em banho-maria
Desisto!
Nunca esquentam.

Amores que me levam
Em banho-maria
Fazem-me,
Perder a fome.

Amores que levo
Em banho-maria
Sério!
Não fervem.

Amores em banho-maria
Vos digo
É melhor tirar do fogo.

J. Mário Cavalcante